Site Oficial
Laboratório de Tecnologia Educacional da UEL
& Núcleo de Educação a Distância da UEL
2021

1ª fase do Vestibular será neste domingo

Classe Outdoor
Os 21.619 candidatos ao Vestibular da UEL fazem a 1ª fase do concurso neste domingo (2), a partir das 14 horas, quando será aplicada a prova de prova de Conhecimentos Gerais, com 60 questões objetivas sobre Artes, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Matemática, Química e Sociologia. Para dar conta de todo este contingente, a UEL utilizará 563 salas em 28 locais de Londrina. Estão sendo ofertadas 3.090 vagas, em 66 cursos de graduação, considerando turnos e habilitações.

No Campus serão utilizadas 161 salas de aula em sete Centros de Estudos (CCA; CCH; CECA; CTU; CCB; CEFE e CESA 1 e 2. Os demais locais de prova são: Colégio Universitário; Colégio Maxi; Colégio Portinari; Universidade Norte do Paraná (Unopar) – Unidade Catuaí 1 e 2, Unidade Pizza 1 e 2; Centro Estadual de Educação Profissional Maria do Rosário Castaldi.

Também será aplicada a prova no Colégio Estadual Professora Olympia Morais de Tormenta; Colégio Estadual Hugo Simas; Colégio Estadual Professor Vicente Rijo; Colégio Estadual Padre Wistremundo Roberto Perez Garcia; Colégio Estadual Marcelino Champagnat; Colégio Estadual Professora Maria José Balzanelo Aguilera; Colégio Estadual Professor Newton Guimarães; Colégio Estadual Antônio de Moraes Barros; Escola Municipal Doutor Joaquim Vicente de Castro; Instituto de Educação Estadual de Londrina (IEEL).

Como no ano passado detentos da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL) 1 e 2 também farão as provas. Na PEL 1 são 42 detentos inscritos. Na PEL 2 são outros 21 candidatos. Agentes penitenciários e servidores da COPS fiscalizarão a aplicação da prova.

Cerca de 2 mil pessoas trabalharão no Vestibular 2015 entre fiscais, seguranças, agentes da Companhia de Trânsito de Londrina (CMTU) e Policiais Rodoviários. “Como as obras da PR-445 estão quase finalizadas, o tráfego fluirá melhor nas proximidades do Campus da UEL, mas pedimos que os candidatos cheguem com antecedência para não correrem riscos”, afirma a professora Cristina Bulhões Simon, da Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops) da UEL.

Documentos